Curso Certo

Guia de Profissões Pedagogia

Voltar   Imprimir

Sobre a profissão

É a ciência da metodologia de ensino. O pedagogo é o profissional que domina todas as técnicas e métodos úteis à transmissão do conhecimento. Ele trabalha na administração de escolas e centros de ensino e no planejamento de políticas públicas de educação.

Fica sob a incumbência do pedagogo a garantia da qualidade da educação. Os principais campos de atuação são a administração de instituições escolares e o magistério. Esse profissional está apto para gerenciar e supervisionar o sistema de ensino, assim como também pode trabalhar na orientação educacional dos alunos.

Além de dar aulas, o pedagogo pode exercer a função de supervisor de professores, pode trabalhar na elaboração de projetos pedagógicos e na articulação das grades curriculares. Como ele é um especialista em ensino, pode trabalhar também na criação e fiscalização das leis que regem a educação no país, verificando a adequação dos currículos, o desenvolvimento dos alunos, avaliando estatísticas de ensino.

Tipos de Curso

a) Nível Superior – Bacharelado: Duração Média de 4 anos. Alguns cursos oferecem habilitações específicas como gestão escolar ou gestão do trabalho pedagógico. A maioria das disciplinas é da área de Ciências Humanas e Ciências Sociais Aplicadas, como língua portuguesa, leitura, produção e interpretação de textos, sociologia, psicologia e filosofia. O currículo também traz as disciplinas específicas como metodologia de ensino, metodologia científica, política e planejamento educacional, supervisão escolar, administração escolar. Em algumas escolas as disciplinas são optativas, aumentando ainda mais a possibilidade de se especializar em áreas específicas.

b) Nível Superior – Licenciatura: Duração média de 4 anos. Existem diversas habilitações para a licenciatura em pedagogia, a mais comum é a de magistério para as séries iniciais do ensino fundamental, que habilita o professor para das aulas para crianças até a quarta série, mas outras como psicopedagogia também são oferecidas. Existem várias disciplinas em comum com o bacharelado, diferenciando-se nas que reforçam a metodologia de ensino, ou as que são específicas em cada habilitação.

Mercado de Trabalho

O mercado de trabalho para pedagogos é estável, principalmente porque o número de alunos tende a aumentar e o Brasil ainda não alcançou as metas mundiais de educação. Será preciso muito esforço do governo para erradicar o analfabetismo e melhorar o desempenho do ensino, exigindo para isso investimentos, inclusive na contratação de novos profissionais. O aumento no número de escolas privadas também reforçou o mercado de trabalho para os professores e administradores de ensino.

Outro campo importante de trabalho para o pedagogo é o desenvolvimento de projetos pedagógicos para instituições de ensino e reabilitação. Esse é o profissional que desenvolve ações sócio-educativas com menores infratores e crianças com distúrbios de comportamento. O ensino para crianças com necessidades especiais de aprendizagem também está em alta, as novas leis de inclusão desses alunos abrem um forte campo de trabalho para quem é especialista em educação especial.

E nem só de aulas vive o pedagogo, ele também trabalha na aprovação de produtos pedagógicos como brinquedos e livros. Pode acompanhar a produção de programas infantis para televisão e rádio. Participa de projetos de jogos eletrônicos e sites para crianças.

Ofertas de Emprego

Todas as regiões do país oferecem vagas de trabalho para professores. Prefeituras e governos de estado fazem concursos regulares para completar ou ampliar o quadro de docentes. As regiões mais desenvolvidas e as grandes cidades concentram as maiores ofertas para a rede privada de ensino.

As cidades do eixo Rio-São Paulo concentram o maior número de editoras e produtoras de rádio e televisão, apresentando mais de ofertas de trabalho para o pedagogo na avaliação de produtos e projetos voltados para criança.

A educação especial também é um ótimo nicho para os profissionais especializados, principalmente depois das novas leis de inclusão de crianças portadoras de necessidades especiais. As melhores oportunidades estão nas escolas especializadas e também no ensino público e privado, hoje obrigado a se preparar para receber crianças com qualquer deficiência de aprendizado.

O ensino especializado como educação indígena também aparece como uma oportunidade de ingresso no trabalho e, modernamente, uma área que apresenta expansão de vagas é o setor empresarial, que vem contratando profissionais para atuar no treinamento e na capacitação de seus funcionários.

As regiões mais industrializadas também oferecem vagas para os pedagogos que atuam no setor de avaliação de produtos pedagógicos, como brinquedos e jogos para crianças. Ong’s e creches contratam esses profissionais no país todo.

Faixa Salarial

Varia conforme a região de atuação e a formação do profissional, ficando em torno de R$ 1500,00.

De acordo com pesquisa de salários realizada pelo site RH INFO, em 2006, os profissionais recém formados com graduação superior, receberam um salário médio de R$ 450.56, para profissionais plenos a média foi de R$ 1320.00, já os profissionais sêniors receberam uma média de R$ 2712.00.

Testemunhal do Aluno

"Tenho 22 anos e entrei no segundo semestre de 2004, no turno da noite. Estou adorando este curso! Escolhi pedagogia primeiramente porque adorava crianças, depois percebi o amplo conhecimento que o curso oferece, nos ensina a lidar e respeitar as diferenças de pessoas de todas as idades."

Tati – Comunidade *Eu Amo Pedagogia* – Orkut


Voltar   Imprimir

Copyright Guia Nacional de Cursos - todos os direitos reservados - 2007

by vm2